Soluções em sensores para sistemas de transporte não tripulados (AGV)

Os sistemas de transporte não tripulados transportam mercadorias de A até B. Os percursos podem ser adaptados facilmente. Isso torna a instalação de produção muito flexível. As exigências de dinâmica e segurança são altas, especialmente quando são usados vários veículos.

Soluções em sensores inteligentes são o requisito para um processo sem transtornos – e para evitar colisões. Scanners laser de segurança protegem os veículos. Nossos sensores dinâmicos e de alta resolução fornecem os dados para a navegação precisa do AGV. A recepção e a transferência corretas das mercadorias são monitoradas por sensores óticos e indutivos.

[01] Proteção do trajeto

Exigência:
Uma área definida à frente do AGV deve ser monitorada, a fim de parar o AGV com segurança em caso de presença de pessoas ou objetos. Deve ser possível comutar o tamanho e o sentido desta área para adaptá-la à velocidade e ao trajeto.

Solução:
O scanner laser de segurança RSL 400 dispõe de uma faixa de varredura de 270° e até 100 pares de áreas comutáveis. Assim, é possível adaptar a área de proteção da melhor maneira possível à velocidade e ao trajeto.

[02] Proteção do trajeto e navegação

Exigência:
Se for utilizado o princípio da Natural Navigation, além de proteger o trajeto em diferentes situações de deslocamento, o sensor de segurança também deve disponibilizar simultaneamente os dados de medição para o software de navegação.

Solução:
O scanner laser de segurança RSL 400 combina em um dispositivo a tecnologia de segurança e uma emissão de alta qualidade do valor medido. Ele dispõe de até 100 pares de áreas comutáveis. Os dados de medição possuem uma elevada resolução angular de 0,1°, o que permite criar um mapa muito preciso da área ao redor.

[03] Posicionamento vertical do acessório de elevação de carga

Exigência:
Para o armazenamento e a retirada confiáveis do palete, o acessório de elevação de carga deve ser posicionado na altura correta com precisão e repetibilidade.

Solução:
O sistema de posicionamento a laser AMS 300i fornece dados de medição a cada 2 ms com uma precisão absoluta de ±2 mm. Os dados podem ser transmitidos ao controle através das mais diversas interfaces.

[04] Posicionamento preciso do acessório de elevação de carga

Exigência:
Para detectar o palete com o acessório de elevação de carga, é necessário identificar onde estão os espaços intermediários dos pés do palete e se eles são livremente acessíveis.

Solução:
Os sensores fotoelétricos da série HT 3C funcionam de maneira independente do material e dispõem de pontos de chaveamento precisos. Os mesmos sensores também podem ser utilizados para o posicionamento preciso nos compartimentos através de duas saídas de chaveamento digitais.

[05] Detecção da posição final do acessório de elevação de carga

Exigência:
Antes de poder ativar funções específicas do veículo – como, por ex., a comutação de marcha lenta para a velocidade normal – é necessário garantir que o acessório de elevação de carga esteja na posição final.

Solução:
Os sensores indutivos da série IS 212 detectam objetos metálicos com uma distância de trabalho máxima de 10 mm. A carcaça de metal robusta protege bem os dispositivos contra influências ambientais e processos de limpeza.

[06] Determinação da posição do palete no acessório de elevação de carga

Exigência:
Na recepção do palete, a distância do palete em relação à frente do acessório de elevação de carga deve ser determinada, a fim de parar a tempo o movimento para a frente.

Solução:
Com seu ponto de luz grande, os sensores de distância da série HRT 25B LR determinam a distância em objetos com as mais diferentes cores e superfícies de maneira segura e com repetibilidade. Além disso, graças à tecnologia TOF (Time of Flight), os dispositivos dispõem de um grande alcance de 2.500 mm e uma elevada tolerância angular.

[07] Detecção da travessa da prateleira para o posicionamento preciso nos compartimentos

Exigência:
Para colocar o palete no armazém com segurança, é necessário detectar de maneira confiável a aresta da travessa da prateleira, na qual o palete deve ser colocado.

Solução:
Os sensores fotoelétricos da série HT 3C funcionam de maneira independente do material e dispõem de pontos de chaveamento precisos. Os mesmos sensores também podem ser utilizados para o posicionamento do acessório de elevação de carga através de duas saídas de chaveamento digitais.

[08] Leitura de códigos 2D para navegação em grade

Exigência:
Etiquetas com códigos 2D são aplicadas no chão numa grade fixa. Através da leitura do código e da determinação da posição angular do código em relação ao sensor, o sentido de movimento do AGV deve ser corrigido, de maneira que seja possível alcançar o próximo código 2D.

Solução:
O leitor de códigos 2D DCR 200i realiza a leitura dos códigos enquanto o AGV passa sobre eles. O grande campo de trabalho de 40 até 360 mm permite uma montagem flexível no AGV e garante uma operação estável. Graças ao assistente de configuração integrado, os dispositivos podem ser colocados em operação de maneira rápida e fácil.

[09] Rastreamento ótico

Exigência:
Para um movimento rápido e eficiente, os AGVs devem seguir um percurso definido que é marcado por um rastro no chão. Para a utilização em veículos planos, o sensor utilizado deve exigir apenas de uma altura de montagem baixa.

Solução:
Através da detecção de arestas, o sensor de rastreamento ótico OGS 600 identifica o rastro e envia sinais correspondentes ao controle. Os dispositivos funcionam de maneira especialmente confiável em combinação com nossas fitas para rastreamento OTB. Como a distância mínima em relação ao chão é de apenas 10 mm, os OGS 600 podem ser integrados no AGV ocupando pouco espaço.

[10] Comando da correia transportadora

Exigência:
A correia transportadora no AGV deve ser ativada sem contato no sentido de movimento necessário através da estação de transferência.

Solução:
As econômicas barreiras de luz unidirecionais da série 5 transmitem as informações de chaveamento para o AGV. Os dispositivos são insensíveis à luz ambiente e podem ser alinhados facilmente através da luz vermelha bem visível.

[11] Controle de presença do bem transportado

Exigência:
É necessário verificar se o bem transportado foi transferido completamente e sem nenhuma saliência para o AGV.

Solução:
Graças ao modelo compacto, as econômicas barreiras de luz retrorreflexivas da série 5 podem ser integradas facilmente. Os dispositivos funcionam de maneira especialmente confiável devido à supressão ativa de luz ambiente.

[12] Posicionamento preciso para a transferência de material

Exigência:
A mercadoria transportada deve ser transferida sem vibrações na estação de transferência. Para isso, o AGV e/ou o acessório de elevação de carga deve ser posicionado com precisão milimétrica.

Solução:
A câmera inteligente IPS 200i determina sua posição em relação a um marcador (orifício ou refletor) com uma precisão de até 0,1 mm. Ao mesmo tempo, a distância pode ser de até 600 mm. Os resultados são emitidos através de uma interface Ethernet TCP/IP, PROFINET ou EtherNet/IP.